0

Pentear gatos!

Quase sempre que falo na necessidade de pentear os gatitos, os donos fazem aquela cara de ‘ela-é mesmo formada-nesta área? Sabe-o-que-está a dizer?’ Sou. Sei.
Muitos não estão habituados a fazê-lo porque desconhecem os benefícios.
Os gatos perdem pêlo sazonalmente, uma mudança necessária. Esta mudança acontece de 6 em 6 meses. O pêlo morto cai para dar lugar ao pêlo novo,mais forte.
Mas também por outras razões os gatos perdem pêlo:
Se for fémea e estiver gestante, ou se estiver a amamentar. Se a alimentação não estiver adequada à raça e se existirem mudanças no seu ambiente causando-lhe stress.
Seja porque razão for, o pêlo do gato deve ter manutenção,que pode fazer diariamente, mas que é suficiente de 3 em 3 dias.
E deve ser penteado porquê? Além da higiene que é essencial visto que partilham o mesmo espaço, sabemos que os gatos lambem-se e quando o pêlo é excessivo formam-se bolinhas desse pêlo no estômago que provocam vómitos e mau estar aos gatitos. (e lá vamos nós gastar dinheiro ao veterinário).
Uma outra vantagem na escovagem dos gatos é que através desta prática conseguimos detectar alguma anomalia, peladas, picadas, inchaços, feridas no corpo do lindo felino. Aliado a tudo isto ainda há a relação dono-gato que se torna mais cúmplice e companheira.
As primeiras vezes podem não ser fáceis mas faça-o sem o obrigar,portanto com uma grande dose de paciência, com um pente fino por 1 ou 2 minutos no início,sempre na direcção da cabeça para a cauda.
Vai ler ou ouvir que a prática deve ser feita num lugar específico para a escovagem ou uma mesa e com o gato de pé. Eu sugiro que a faça onde sabe que o gatinho se sente bem e relaxado,seja o chão, colo, cadeira, sentado, deitado, e como lhe for cómodo a si também.
Torne este hábito em algo de prazer e mimo. Alinham?

image

‘Cá uma patita de gato à dona da Pepa!’

0

Pet-sitter’s house

Este é um serviço que tranquiliza quase por completo os donos. Quase por completo,porque dono que é dono e amigo fica sempre com um aperto no peito quando tem que deixar os seus bichinhos,por mais pequenino que seja.
É um serviço por inteiro em que os meninos ficam na casa do Pet-sitter. E um bom Pet-sitter requer condições que se adaptem ao animal em questão.
Eu,por exemplo,vivo num apartamento. Por muito que gostasse de receber animais de raças de porte grande,não posso. Aliás,posso mas não aceito,pelo bem estar animal que ficaria comprometido. Os animais de porte médio e grande não gastam a energia que precisam gastar,num ambiente novo e às vezes menor que a sua casa. E isso causa-lhes stress. Aceito raças pequenas.
Depois vem a questão de ser um bichinho sociavel ou não,visto que esta casa também é da Pepa (às vezes acho que até é mais dela que minha). Nem é bem a questão de sociabilidade mas de não agressividade.
E, por último, este serviço é apenas para cães. Os gatitos como já tinha escrito no post anterior, podem ser bons amigos dos cães mas é preciso que estejam habituados, e lhes seja ensinado.
Estas condições variam de Pet-sitter para Pet-sitter.
Os valores são mais elevados,e normalmente não tem incluída a ração.
O que tem de muito bom este serviço? – companhia qualificada, cuidados e muito mimos, muita brincadeira e exercício, todo o dia!

0

Os gatos e os cães são inimigos?

Não são da mesma espécie. Não têm a mesma alimentação. Não se comportam da mesma forma. Mas vivem na mesma casa. Tal como acontece consigo e com eles. Gosta deles,aprendeu a lidar com os comportamentos e educá-los para seu bem estar e do resto da família,certo? E continuará até ao resto das suas vidas. Assim é também entre eles. “Primeiro estranha-se,depois entranha-se”. De forma alguma são inimigos se forem “obrigados” a conviver,a partilhar o mesmo espaço. Só não lhe posso garantir que seja instântaneo, isso já será uma questão de sorte. Mas não desista. Tanto cães como gatos são companhias sem comparação. Até amanhã sweet owners!

0

Pet sitting – porquê?

O serviço de pet-sitting é pedido por várias razões. Quantas vezes precisou viajar e não tinha com quem deixar o seu animal de estimação? Quantas vezes fez tabelas de horários a contar com os nomes de amigos, vizinhos, familiares, para que à vez pudessem tratar dele?  E que chatice estar sempre a pedir sabendo que todos têm “coisas” a fazer! Há depois quem faça esse serviço, porque não quer deixar-nos mal, mas que nem gosta assim tanto dos bichinhos e faz o que tem a fazer mas não lhes dá aquilo que eles mais gostam – mimo aos molhos.

E nos dias em que tem eventos que não quer adiar, um jantar na sua casa por exemplo, mas um dos convidados é alérgico ao pêlo dos gatos ou tem medo de cães, e custa-lhe imenso ter que prender o bichinho, afastando-o de si. E sabe que ele fica triste. E ele não entende.

Por estas razões e muitas mais, precisa do serviço de Pet-sitting, em que o pet-sitter fica com o animal, dando-lhe os cuidados que precisa e mimo, muito mimo!

2

O primeiro post!

Dei inicio a este blogue, porque acho fundamental chegar-vos com artigos que considero importantes, mas também com relatos de alguns dos nossos serviços. É uma forma de publicitar o que fazemos e de partilhar momentos, duvidas e esclarecimentos. Conto com a vossa ajuda e participação. Agradeço desde já aos clientes, donos e patudos, o carinho e a confiança que depositam no nosso trabalho. Até já!